REGULAMENTO DA II OLIMPÍADA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA – OBG

1. Introdução

A II OLIMPÍADA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA – OBG é a fase nacional do projeto Olimpíada Geo-Brasil – OGB. A OGB inclui também uma fase internacional da International Geoghraphy Olympiad - iGeo e da International Earth Science Olympiad – IESO, a seleção para participar das fases internacionais ocorre através da OBG. Para a IESO a seleção ocorre através da Olimpiada Brasileira de Agropecuária (OBAP).

No ano de 2015 o Brasil se fez representar na iGeo como observador, a fim de obter informações e contatos para preparar a participação de uma equipe de alunos brasileiros.

A participação na iGeo 2016 não está garantida, dependerá da disponibilidade de recursos financeiros a serem obtidos.

A Comissão Organizadora da OBG – COOBG está sendo formada por uma equipe voluntária de professores de várias instituições Brasileiras, como elencado no artigo 13.

Os temas de interesse da Olimpíada Brasileira de Geografia envolvem a geografia e as geociências.

Os estudantes participantes da olimpíada deverão demonstrar a sua capacidade de análise e interpretação dos fenômenos geográficos e geocientíficos de modo integrado, rompendo com o dualismo geografia física x geografia humana que deve estar expressa nas metodologias de ensino e aprendizagem contidas na formação desses estudantes.

Eventos dessa natureza primam pela competição, mas o objetivo da comissão científica da OBG é criar um espaço de colaboração e aproveitar o evento para o crescimento e a difusão de boas práticas de ensino.

A Olimpíada se desdobra em duas partes: uma prova competitiva e uma prova cooperativa, que se tornarão objeto de interesse de estudantes e professores, envolvendo no seu projeto questões como: sustentabilidade, utilização ética dos recursos naturais, contribuindo para a criação de uma sociedade justa e participativa. Não é obrigatória a participação nas duas partes, sendo possível a participação em apenas uma das duas partes. A parte cooperativa não gera pontuações e não influi para a classificação da parte competitiva.

2. Os objetivos

A OBG tem como objetivos principais:

3. Quem pode participar

Todos os estudantes das escolas públicas e particulares do Brasil, desde o 9° ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio, podem participar da seleção nacional da OBG. A idade máxima dos estudantes participantes é de 19 anos completos até dia 30 de Junho 2016.

No momento há um único modelo de prova para todos os inscritos, independente do ano em que está matriculado.

Estudantes que não estejam inseridos nesta faixa de escolaridade ou de idade podem participar extraoficialmente.

Estudantes inscritos em ensino superior, nível graduação, não podem participar.

A participação dos estudantes na OBG é absolutamente voluntária e gratuita.

Não há número mínimo ou máximo de participantes para cada escola. Todos os estudantes podem e devem ser igualmente convidados a participar.

4. Cronograma

O cronograma da OBG encontra-se publicado neste link. O cronograma está sujeito a mudanças, sugerimos acompanhar regularmente este site.

5. Inscrições

Para inscrever os estudantes, as escolas têm primeiramente de selecionar e cadastrar um professor e preencher o cadastro de inscrição on-line na página oficial da OBG. Esse professor, daqui pra frente chamado de professor representante, cuidará de todas as relações entre a escola e a OBG.

Ao se inscrever como professor representante, o professor se compromete a seguir explicitamente este regulamento e zelar para o bom andamento da OBG, comprometendo-se com a ideia de que a OBG é uma prática educativa que acontece sob premissas de honestidade e confiança, valores que pretendemos trambém transmitir aos alunos inscritos.

São funções e responsabilidades dos professores representantes:

Para a inscrição da escola é necessário o código desta junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

6. Prova competitiva

A II OBG será realizada em duas fases, sendo ambas on-line.

A primeira fase é uma prova objetiva (múltipla escolha) e tem duração de 3 horas (três horas) que estará disponível na internet para ser realizada durante o período especificado no cronograma. A prova é individual e sem consulta. A prova poderá ser feita durante o período de uma semana. Os alunos podem fazer a prova em casa ou em outro local (não é preciso fazer a prova na escola). Para as escolas que preferirem fazer a prova impressa, a mesma será disponibilizada para download.

Passam para a segunda-fase os primeiros 10 (dez) alunos de cada escola.

A segunda fase é uma prova objetiva (múltipla escolha) e tem a duração de 3 horas (três horas) e só poderá ser realizada sob a supervisão do professor representante. O horário sugerido para aplicação é das 8hs até 11hs. A prova é individual e sem consulta.

Espera-se o máximo cuidado com o sigilo das questões e da execução das tarefas sob incumbência do professor representante.

As respostas dos quesitos olímpicos dos classificados serão publicadas no site do OBG na modalidade nacional, estadual e por escola.

7. Resultados finais

Esta olimpíada não prevê prêmios ou medalhas. Todos os participantes receberão certificados em formato PDF. Os melhores classificados receberão certificados em formato PDF de medalhas de ouro, prata e bronze.

Incentivamos as escolas a imprimir os certificados e realizar cerimônias de entrega.

8. Prova cooperativa

Os estudantes que participam da prova cooperativa podem participar ou não da prova competitiva. A prova cooperativa não vale pontuação e não interfere com a classificação obtida na prova competitiva.

Para participar da fase cooperativa os estudantes têm que se organizar em grupos de 3, mais um professor com função de tutor.

A prova cooperativa deverá ser realizada conforme o roteiro que será disponibilizado no site. Trata-se de uma atividade de pesquisa de âmbito local.

9. A Contrapartida das escolas

A Comissão de Olimpíadas solicita gentilmente às escolas e seus professores e funcionários uma colaboração para que a OBG aconteça da melhor maneira possível na escola. Solicitamos atenção e apoio para os seguintes aspectos:

12. Do evento internacional

Compativelmente com os recursos econômicos, existe a possibilidade de enviar uma delegação brasileira para a iGeo. Os estudantes serão selecionados utilizando a classificação da OBG entre os estudantes que tenham entre 16 e 19 anos no dia 30 de junho do ano da olimpíada. Em caso de empate será dada preferência ao estudante mais novo.

Dois adultos poderão integrar a equipe e um deles poderá ser selecionado entre os professores representantes, a critério da organização.

A participação do Brasil na iGeo 2016 ainda não está confirmada.

13. A organização central do evento

A COOBG é gerenciada pelo Prof. Dr. Roberto Greco (Instituto de Geociências - UNICAMP) para a parte cientifica e pelo Prof. Daniel Fonseca Lavouras (Sistema Ortogonal de Ensino - Unidade Porto Alegre) para a parte logística.

Integram a COOBG professores e funcionários das instituições que constam do link.

Outras instituições poderão se juntar em qualquer momento manifestando interesse em colaborar para a secretaria da OBG.

14. Disposições Gerais

Os participantes, ao inscreverem-se na competição concordam com as regras estabelecidas.

A COOBG terá a última palavra sobre a interpretação deste regulamento, casos omissos neste regulamento, ou casos carentes de solução imediata.

Este regulamento será revisto anualmente pela Comissão Organizadora.

A logomarca do evento faz parte de seu patrimônio, somente com a permissão dos organizadores será possível utilizá-la para fins comerciais.

15. Contatos

Site: www.obg.net.br

Endereço: Sistema Ortogonal de Ensino - Unidade Porto Alegre

Av. Independência, 380

Porto Alegre – RS

90035-074

Baixar Prova com Gabarito - I OBG

Apoio Unicamp
Apoio Ortogonal
Apoio UFSC
Apoio IFSuldeMinas
Apoio UnifalMG
Apoio CNPq
Apoio EACH
Apoio aideea
Apoio Cemaden
Apoio ESPM